Portal de Angola
Informação ao minuto

Candidatura de Bouteflika entregue no Conselho Constitucional

A candidatura do Presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, a um quinto mandato nas eleições de 18 de Abril foi entregue ontem no Conselho Constitucional, em Argel, apesar da contestação da população, anunciou a agência oficial APS.

Segundo o Folha de Maputo, o dossier de candidatura de Bouteflika, hospitalizado desde há uma semana na Suíça e cuja data de regresso não foi anunciada, foi entregue pelo director de campanha, Abdelghani Zaalane.

Numa mensagem escrita, Abdelaziz Bouteflika prometeu que, se for eleito para um quinto mandato em abril, promoverá as reformas políticas há muito exigidas pelos seus críticos.

Disse ainda que organizará um referendo sobre a uma nova Constituição e convocará imediatamente uma “conferência nacional” para marcar a data e preparar novas eleições presidenciais, assumindo o compromisso de não se recandidatar.

A decisão de Bouteflika de se candidatar às próximas eleições desencadeou protestos em massa nos últimos dias.

Este domingo, a polícia dispersou com recurso a canhões de água uma manifestação de estudantes que se dirigia ao Conselho Constitucional, depois de ter sido anunciado que a candidatura do Presidente seria entregue.

“Ouvi as reivindicações dos manifestantes e especialmente dos jovens que questionam o futuro do país”, escreveu na mensagem.

Bouteflika foi eleito pela primeira vez em 1999 e as questões sobre a sua capacidade para continuar a ocupar o cargo começaram a avolumar-se desde que, em 2013, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e praticamente deixou de ser visto em público.

O chefe de Estado argelino completou 82 anos no sábado e fez vários exames médicos na Suíça na semana passada, não se sabendo se já regressou à Argélia ou quando pretende fazê-lo.

A entrega da candidatura, cujos documentos foram transportados em 10 carrinhas, foi feita debaixo de fortes medidas de segurança.

Na sexta-feira, milhares de manifestantes saíram à rua em Argel e um pouco por todo o país em protesto contra um quinto mandato do Presidente.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »