Portal de Angola
Informação ao minuto

Revelações de corrupção abalam governo canadiano

Jody Wilson-Raybold (DR)

A ex-ministra da Justiça canadiana Jody Wilson-Raybold acusa o gabinete do primeiro-ministro, Justin Trudeau, de interferir nas investigações por corrupção à construtora SNC-Lavalin, avança o Jornal I.

A ex-ministra da Justiça e antiga procuradora-geral Jody Wilson-Raybould testemunhou perante o Comité Judicial do parlamento ter sofrido pressões do gabinete do primeiro-ministro, Justin Trudeau, para não investigar a construtora SNC-Lavalin, envolvida num escândalo de corrupção. Wilson-Raybould acabaria por ser despromovida, acabando por se demitir. As consequências deste testemunho poderão abalar as fundações do governo canadiano.

“Por um período de cerca de quatro meses, entre setembro e dezembro de 2018, sofri um consistente e sustentado esforço por parte de muitas pessoas dentro do governo para interferirem politicamente no exercício nas investigações que fiz enquanto procuradora-geral do Canadá, de modo a conseguir um acordo favorável à empresa SNC-Lavalin”, testemunhou Wilson-Raybould.

“Estiveram envolvidas 11 pessoas nestas ações, do gabinete do primeiro-ministro e do ministro das finanças”, revelou a ex-ministra, que menciona dezenas de reuniões, especificamente acerca da necessidade de parar as investigações à construtora, para além de ameaças veladas em telefonemas e conversas pessoais. O testemunho continuará pela noite dentro.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »