Portal de Angola
Informação ao minuto

Chove chuva, chove sem parar

Eu adoro o barulho da chuva e o bem que ela nos traz, lógico que tem aquela mais violenta que nos traz algum tipo de transtorno, mas neste momento lembro de quem chegou antes, a senhora chuva está aqui bem antes de nós, portanto nós atrapalhamos de alguma forma seu percurso natural.

Tem gente que não gosta de chuva, sei que atrapalha o negócio de alguns, dificulta o deslocamento de outros, mas sempre tenho comigo que os benefícios que ela traz são inúmeras vezes maiores que os transtornos.

E por que falar de chuva em minha coluna, pois muitos agem da mesma forma quando se fala de engajamento social, de procurar uma forma de ajudar a sociedade se tornar mais sadia para todos de forma igualitária, ou melhor, da forma mais igualitária possível.

Muitos acham fantásticas as pessoas que fazem algo nesse sentido, da mesma forma que gostam da chuva, mas se tiver que se molhar, bom assim já é demais, eu gosto, apoio, entendo o benefício, mas prefiro ficar aqui sequinho, no quentinho, sem me molhar.

Eu escolhi me molhar e gosto de falar para as pessoas que me molho e isso me da prazer, e lá no fundo quero que cada vez mais gente se molhe também e entenda, não, na verdade sinta o bem que lhe faz e o bem que esta “chuva” traz ao o nosso planetinha.

Muitos da mesma forma que veem a chuva pela janela e ouvem suas gotas no telhado, veem e ouvem o engajamento de muitos nas ações sociais do país todo, mas não se “molham”, preferem não se engajar, preferem ficar observando e muitas vezes ainda, reclamando, por que tem tanta “chuva”.

Quanto mais gente mobilizada, engajadas e comprometidas com a sociedade onde escolheu para viver, mais tranquilidade teremos para aproveitar a chuva e apreender com ela.

Quando estamos dispostos a ajudar o aprendizado vem junto, basta sair do lugar confortável e deixar-se molhar, assim sentimos o que a chuva nos traz de bom, pois sempre traz.

Que tal se molhar nesta e nas próximas estações chuvosas? Há, já ia esquecendo se precisar de ajuda para aprender a fazer isso, fale comigo. Abraços.

por Roberto Ravagnani – Palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor especialista em voluntariado e responsabilidade social empresarial. Voluntário palhaço hospitalar desde 2000, fundador da ONG Canto Cidadão, Associado para o voluntariado da GIA Consultores no Chile, fundador da Aliança Palhaços Pelo Mundo, Conselheiro Diretor da Rede Filantropia, sócio da empresa de consultoria Comunidea e Membro Engage for business.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »