Portal de Angola
Informação ao minuto

Sodiam arrecada mais de USD mil milhões em receitas brutas

(DR)

A Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam) vendeu, em 2018, um total de 8.408.687, 87 quilates, gerando uma receita bruta de 1.223.725.185,45 dólares, informou hoje, em Luanda, o seu administrador para área de finanças e mercado artesanal, escreve a Angop.

Em declarações à imprensa à margem de uma “apresentação sobre o mercado”, Fernando Amaral esclareceu que esses mil milhões, duzentos e vinte e três milhões, setecentos e vinte e cinco mil, cento e oitenta e cinco, e quarenta e cinco centavos de dólares reflectem o total global do ano findo.

O responsável da Sodiam, empresa estatal angolana vocacionada à compra e venda de diamantes de produção nacional, disse que relativamente a 2017, verificou-se uma redução do volume, comercializado na ordem dos 10%, e um aumento da receita de cerca de 11%.

Quanto às realizações do mercado diamantífero no quarto trimestre de 2018, Fernando Amaral fez saber que neste período foi comercializado um volume de 2.508.220,59 quilates (dois biliões, quinhentos e oito milhões, duzentos e vinte mil e cinquenta e nove Cts).

A cifra corresponde a um aumento de cerca de dois por cento, comparativamente ao quarto trimestre de 2017. Desta produção, 2.287.002,81 quilates (891,2%) de origem kimberlítica e 221.217,78 quilates (8,8%) de origem aluvionar.

O administrador para área de finanças e mercado artesanal da referida empresa filial da Endiama acrescentou que o preço médio total do período em análise situou-se em 151,92 dólares por quilates, o que representou um incremento de 26 % relativo ao período homólogo em 2017.

Segundo o gestor, a receita bruta dos quatro últimos meses do ano passado proveio da actividade de comercialização, totalizando 381.051.472,69, o que se traduz num aumento de 63.263,592,80 (19%) comparativamente ao quarto trimestre de 2017.

Os diamantes comercializados no período em estudo foram essencialmente extraídos nas províncias da Lunda Sul (89,2%) e Lunda Norte (10,8%), envolvendo as empresas Sodiam, Sociedade Mineira do Luó, Chitololo, Cuango, Luana, Camutwé, Lulo, Luminas e Luari Cambange.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »