Smiley face

Processo de instalação de novos órgãos de direcção gera conflitos na Renamo

0 19

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

De acordo com O PAÍS, O processo de instalação de novos órgãos de direcção da Renamo em Sofala, está a gerar um mal estar no seio desta formação política.

A liderança do partido pauta por indicação e os membros exigem uma eleição, segundo mandam os estatutos do partido. Estes últimos decidiram boicotar uma conferência provincial que deveria ter lugar hoje na Beira.

Representantes de membros da Renamo da província de Sofala, entre eles delegados distritais, chefes das ligas femininas e da juventude e de diversos departamentos desta formação política, insurgiram-se na manhã desta segunda-feira contra uma brigada central da perdiz, em torno do processo ligado à instalação de novos órgãos do partido em Sofala, numa conferência provincial.

“O presidente do conselho disse que não haverá eleição do delegado, mas sim haverá indicação. Isso é que está a criar revolta para os membros”, disse Luís Chitato, delegado da Renamo.

“Estamos na conferência para eleger o delegado provincial, esse princípio de indicação estamos a fugir a democracia. Aqui na província de Sofala queremos delegado provincial eleito não eleito”, afirmou Gabriel Zefanias, Membro do Conselho provincial da Renamo.

Os membros da Renamo garantiram que caso não haja consenso marcharão até Gorongosa ao encontro do presidente do partido.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »