Portal de Angola
Informação ao minuto

Polícia Marítima lusa resgatou 34 migrantes no Mar Egeu. 20 eram crianças

(© AMN)

A equipa da Polícia Marítima portuguesa em missão na ilha grega de Lesbos, no Mar Egeu, resgatou na madrugada de hoje 34 migrantes que se encontravam a bordo de um bote, referiu em comunicado a Autoridade Marítima Nacional, escreve o Notícias ao Minuto que cita a Lusa.

O bote, onde seguiam 20 crianças, oito mulheres (uma grávida) e seis homens, foi detetado pela equipa da Viatura de Vigilância Costeira da Polícia Marítima, que passou as coordenadas para a equipa a bordo embarcação “TEJO”, tendo esta efetuado a interceção do bote ainda no final da noite de sábado, precisa o comunicado.

O bote foi de seguida rebocado pela embarcação da Polícia Marítima para o porto de Skala Skamineas, onde os migrantes desembarcaram em segurança, sendo de seguida entregues às autoridades gregas já durante a madrugada de hoje, acrescenta o texto.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação “Poseidon”, sob égide da agência europeia Frontex e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.

A Polícia Marítima continuará em missão até janeiro de 2020, tendo salvo 1.710 vidas desde que iniciou esta missão na Grécia em maio de 2017.

Desde 2014, quando iniciou a sua participação na missão Poseidon, a Polícia Marítima totaliza 4.866 vidas salvas, conclui o comunicado.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »