Smiley face

Noites Amenas apresenta história de superação de Alberto Moma

0 40

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Alberto Moma cuja história de superação é bastante tocante, vai ser homenageado no dia 20 de Fevereiro, das 17h30 as 20h00, no hotel 3J, no âmbito do projecto cultural Noites Amenas- Vozes dos Heróis Anónimos, da Associação dos Jovens Amigos da Literatura, AJAL.

O projecto conta com a parceria do hotel 3J e vai já na sua segunda edição, depois de homenagear na primeira, no dia 16 de Janeiro, Elevino Bonga, o pai de oito filhos que chegou a construir seis casas, zungando rebuçados nos autocarros.

De acordo com a porta voz da Associação Teresa Cassoma, para esta edição, a organização traz uma história que vai comover as pessoas. Um jovem, que apesar de andar na cadeira de rodas com os membros imobilizados, é artista plástico e prepara-se para a sua primeira exposição individual.

“Alberto Moma nasce em 1992, com seis quilograma e cheio de saúde, que aos três anos já ajudava o pai, conduzindo carro de mão. Ainda com os três anos foi afectado por uma doença que lhe paralisaram os membros superiores e inferiores, onde só era possível mover a cabeça. A esperança dos país apontavam para uma melhoria do filho, mas infelizmente, Moma vive até hoje na cadeira de roda. Apesar das dificuldades e limitações, Moma entrou na escola. Estudou até a 10ª classe e hoje é um artista plástico”, conta Teresa Cassoma, para quem a história é heróica e própria para lacrimejar.

Segundo Teresa Cassoma, o homenageado vai partilhar a sua história, dando oportunidade às pessoas que acorrerem ao evento de reflectirem profundamente sobre a vida e decidirem entre dois caminhos: luta pela vida ou fracassar.

“Este é justamente o objectivo do projecto. Enaltecer, de um lado, o grande exemplo desses heróis que muitas vezes passam-se por despercebidos e por outro lado, ajudar os jovens, famílias e não só, a mudar de vida, através de outros exemplos de vida”, disse a porta voz.

O hemenageado vai pintar um quadro diante dos presentes. Segundo Teresa Cassoma, a entrada é gratuita, mas as pessoas podem fazer as sua ofertas ao homenageado, que encontra dificuldades para conseguir matérias primas, necessárias para o acabamento da sua exposição individual.

A Associação dos Jovens Amigos da Literatura é uma organização juvenil socioliterária e cultural, lavrada na Conservatória dos Registos do Kuanza-Sul- Sumbe, com o Nº 74406 de acordo com o Decreto 92/82 de 18/10/82 do Conselho de Ministros e publicada na Série – IIIª do Diário da República Nº 228 de 28/11/2011. É de âmbito nacional e de carácter filantrópico.

Tem como missão revolucionar o modo de ser, de pensar e de agir dos jovens, articular políticas que garantam a solidificação do ensino de base, Iº e IIº ciclo, através da conduta dos seus membros, da formação e da criação de projectos sociais, bem como criar equipa de jovens compromissados consigo mesmos e com a sociedade, que se dão altruistamente para a dinamização das comunidades.

Seus valores resumem em três sílabas: PEDIFE, Perseverança, Disciplina e Fé.

___________________________
Para mais informações:
Ajal.amigos@gmail.com
+244 992689442/929045231

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »