Smiley face

Emiliano Sala morreu devido a graves ferimentos “na cabeça e no tronco”

0 34

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A informação está a ser avançada por vários meios de comunicação britânicos citando informações cedidas pelo médico legista que analisou o corpo do jogador argentino após ser retirado do mar, escreve o Notícias ao Minuto.

O jogador Emiliano Sala morreu, no passado dia 21 de janeiro, na sequência de um acidente com o avião que o transportava rumo a Inglaterra, onde tinha assinado com o Cardiff.

Avança o jornal METRO que Sala terá morrido devido a graves ferimentos na cabeça e no tronco. Aliás, de acordo com o médico legista que analisou o corpo, o reconhecimento do mesmo terá sido feito com recurso a impressões digitais.

Depois de suspensas as buscas, a família de Sala lançou um apelo para que fossem retomadas e, a verdade, é que acabaram por dar resultados ao fim de pouco tempo.

O aparelho onde Sala e o piloto seguiam foi encontrado a 63 metros de profundidade no Canal da Mancha, numa zona com correntes muito fortes, e localizado um corpo que, na passada quinta-feira, se confirmou ser do jogador argentino.

Os destroços e o corpo de Sala foram levados para terra em Portland, razão pela qual o inquérito está a decorrer em Dorset. Citado pelo METRO, o médico legista de Dorset, Ian Parry, revelou que o corpo foi identificado recorrendo a impressões digitais, tendo a autópsia confirmado depois a causa da morte: “Graves ferimentos na cabeça e no tronco”.

O jogador argentino, recorde-se, morreu na sequência de um acidente quando viajava de Nantes para Cardiff numa aeronave leve, pilotada pelo piloto David Ibbotson, e que caiu ao mar ao largo de Guernsey. O corpo do piloto ainda não foi encontrado.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »