Smiley face

Futebol junta-se ao UNICEF na luta contra fuga à paternidade

0 24

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O “derby” deste sábado entre 1º de Agosto e Petro de Luanda, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, para acerto da 8ª jornada do Girabola2018/19, marcou o início de uma campanha relacionada com o registo de crianças denominada “Paternidade Responsável – Eu Apoio”.

Promovida pela UNICEF, em colaboração com os Ministérios da Juventude e Desportos e o da Justiça e Direitos Humanos, os capitães de ambas equipas, Dani Massunguna e Job disseram nas respectivas comunicações “registe já a sua criança – ela tem direito à paternidade”, perante a um estádio com mais de 35 mil espectadores.

Na ocasião, explica Angop, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, afirmou ser importante o desenvolvimento da campanha aliada aos desportistas, maioritariamente jovens, faixa etária onde se incide tal problemática.

Em Angola o Ministério da Família e Promoção da Mulher adoptou uma política para combate à fuga à paternidade.

A perda de valores morais por parte de certos progenitores tem sido a causa de muitos casos de fuga à paternidade registados no país, segundo estudos.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »