Smiley face

Ataque anónimo contra governo angolano nas redes sociais usa documento falso do FMI

0 172

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um ataque anónimo contra o governo angolano foi lançado sexta-feira, 8, nas redes sociais, com base num falso documento atribuído ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que critica severamente a actual situação económica do país.

Uma fonte oficial já reagiu à ANGOP, assegurando que o texto distribuído pelas redes “não é um documento do FMI e é totalmente falso”.

A mesma fonte avançou que a apreciação da equipa do FMI que está presentemente em Angola é “diametralmente oposta” à do documento que circula na Internet, antes de acrescentar: “Estamos claramente perante uma manobra de subversão. O objectivo é desacreditar a governação do país”.

De notar que o documento atribuído ao Fundo e que está a circular na net não tem qualquer carimbo da organização e nem está assinado.

A ANGOP sabe que a delegação do FMI que está em Luanda não é uma missão de avaliação. O objectivo da estada em Angola da referida missão é trabalhar com as autoridades angolanas para preparar as bases da revisão do Orçamento Geral do Estado 2019, em função da baixa do preço mundial do petróleo.

Por isso, a delegação do FMI não vai divulgar nenhuma avaliação do estado da economia do país.

A fonte da ANGOP destaca que a opinião do Fundo, que tem transparecido dos contactos realizados, é contrária à do documento forjado e disseminado virtualmente.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »