Smiley face

PR recebe mensagem de homólogo zimbabweano

0 30

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma mensagem do Presidente da República do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa, foi entregue nesta sexta-feira, no Palácio da Cidade Alta, em Luanda, ao homólogo angolano, João Lourenço, escreve a Angop.

Foi portador da missiva, cujo teor aborda questões ligadas a actual situação económica, política e social reinante naquele país, o enviado especial do Chefe de Estado zimbabweano, Patrick Chinamasa.

Segundo explicou à imprensa o emissário do estadista do Zimbabwe, no final do encontro, a mensagem aborda, ainda, aspectos ligados aos esforços empreendidos pelo governo local, no sentido de enfrentar os vários desafios, com realce aos de âmbito económico.

Relativamente à situação política, considerou calma, tendo aproveitado a ocasião para informar ao presidente angolano sobre as manifestações ocorridas nos dias 14 e 15 de Janeiro último.

Neste período, as autoridades anunciaram o aumento do preço da gasolina, de 1,38 para 3,31 dólares o litro. Em função disso, a confederação sindical do Zimbabué convocou uma greve, a população saiu à rua para se manifestar contra a decisão e contra a crise económica que afecta o país.

As acções de repressão aos protestos resultaram em vários mortos e feridos.

Encontro com parlamentares alemães

Ainda hoje (sexta-feira), numa outra audiência, o Presidente João Lourenço abordou, com o chefe da Comissão para os Assuntos Económicos e Energia do Parlamento alemão, Klaus Ernst, do partido CDU, assuntos relacionados com o desenvolvimento económico de Angola.

“Temos interesse em prestar apoio para que a cooperação entre Angola e a Alemanha seja célere e mais intensa”, informou o líder da maior Comissão do parlamento alemão, integrada por representantes de todos os partidos políticos.

A delegação de nove parlamentares, que já deixou Luanda de regresso à Alemanha, manteve, na capital angolana, encontros com o presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, e com empresários alemães residentes no país.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »