Smiley face

Tribunal condena agentes reguladores de trânsito

0 54

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Tribunal da terceira Região Militar Leste condenou terça-feira, em Saurimo (Lunda Sul), três agentes reguladores de trânsito do comando provincial da Polícia Nacional pela prática de crimes de conduta indecorosa e extorsão de um automobilista.

Segundo a Angop, a sentença dos agentes Moisés Miúdo, Ernesto Cailo e Menália Tomás, condenados a oito, cinco e um mês de prisão, respectivamente, foi lida pelo juiz da causa Abel Barbosa.

No julgamento sumário, feito com base em uma denúncia anonima, o Procurador Militar Eduardo Sachilombo pediu ao tribunal para absolver dois réus, que se encontravam igualmente arrolados no mesmo processo, por não se comprovar implicações directas na acção, não obstante a presença no local.

Estavam em causa 200 dólares norte-americanos e 20 mil kwanzas extorquidos a dois cidadãos pelos referidos agentes.

De acordo com o tribunal, os 20 mil kwanzas serão restituídos ao proprietário ao passo que os 200 dólares revertem a favor do Estado, por não ter nenhum reclamante.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »