Portal de Angola
Informação ao minuto

Chuvas abrandam obras na estrada Cuima/Cussy

As obras na estrada Cuima/Cussy, que liga Huambo e Huíla, conheceram um notável abrandamento, em consequência das fortes e constantes chuvas que se têm abatido naquela região (DR)

As obras na estrada Cuima/Cussy, que liga as províncias do Huambo e Huíla, conheceram, no inicio deste ano, um notável abrandamento, em consequência das fortes e constantes chuvas que se têm abatido.

O facto foi confirmado hoje, quinta-feira, à ANGOP, pelo administrador adjunto da comuna da Catata, Ruben Isaías Itome, dando a conhecer que o ritmo de trabalho diminuiu bastante, uma vez estar a decorrer a fase de compactação em alguns troços dos 65 quilómetros de estrada.

Iniciada em meados de 2017, com previsão de ser concluída 12 meses depois, a estrada constitui a via principal e mais rápida para ligar a província do Huambo e as do sul, Huíla, Namibe e Cunene.

Até ao momento foram reabilitadas duas faz quatro pontes existentes, asfaltados cinco quilómetros e compactados 20, que deviam começar a ser asfaltados este mês se não fossem as chuvas.

Dos seus 65 quilómetros, 45 estão em território da província do Huambo e os restantes na Huíla. A obra está avaliada em seis mil milhões, 496 milhões, 246 mil e 847 kwanzas.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »