Radio Calema
InicioAngolaRegiõesResponsável aponta medidas para reduzir impacto da seca no Cunene

Responsável aponta medidas para reduzir impacto da seca no Cunene

O desassoreamento dos rios, construção de canais de irrigação e chimpacas são algumas das soluções indicadas pelo director provincial em exercício do Gabinete do Ambiente do Cunene, Tchingungo Contreiras, para minimizar o impacto da seca que regulamente afecta a circunscrição.

Segundo avança Angop, o responsável apontou para essas medidas quando discursava num acto alusivo ao 31 de Janeiro, Dia Nacional do Ambiente, tendo referido que os canais de irrigação deviam estar interligados pelos municípios, para garantir o abastecimento de água para a população, animais e a prática da agricultura, principalmente em tempo de seca.

Sugeriu que a materialização do projecto devia ser concertada e inclusiva, com a participação dos vários departamentos governamentais da província do Cunene e as ONG que actuam na região, no sentido de buscarem as melhores maneiras para implementação do programa.

Ressaltou que a província do Cunene enfrenta graves problemas de cheias e seca daí que urge a tomada medidas acertadas para mitigar os feitos destas alterações climáticas, que causam prejuízos elevados à agricultura, pecuária, entre outras áreas.

Fez saber que na província do Cunene estão afectados pela seca 284 mil e 780 pessoas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.