Radio Calema
InicioDestaques"Estado Islâmico controla milhares de homens na Síria e no Iraque", diz...

“Estado Islâmico controla milhares de homens na Síria e no Iraque”, diz director de Inteligência americana

O grupo extremista Estado Islâmico possui ainda “milhares” de combatentes no Iraque e na Síria, capazes de representar uma ameaça para o Médio Oriente e outras regiões, afirmou nesta terça-feira, 29, o director do Serviço de Inteligência Nacional dos Estados Unidos.

Num relatório apresentado ao Senado, Dan Coats acrescentou que o grupo extremista ainda “controla milhares de combatentes no Iraque e na Síria”.

O Estado Islâmico, segundo avança a VOA, “mantém oito facções, mais de uma dezena de redes e milhares de partidários dispersados em todo o mundo, apesar das perdas significativas em termos de líderes e territórios”, disse Coats.

Em Dezembro, o Presidente americano, Donald Trump, anunciou a retirada das tropas da Síria, alegando que o Estado Islâmico tinha sido vencido.

No início da Janeiro, a coligação internacional dirigida pelos Estados Unidos anunciou o início da retirada gradual das tropas da Síria, mas sem avançar o calendário.

Dias depois, uma explosão reivindicada pelo Estado Islâmico perto de uma patrulha da coligação deixou mortos, entre eles, quatro norte-americanos.

Coreia do Norte reduziu actividade nuclear mas não a abandonou

Quanto à Coreia do Norte, Dan Coats disse ser improvável que a Coreia do Norte renuncie à sua capacidade de fabricar armas nucleares, mesmo após um arrefecimento nas tensões com o encontro entre Donald Trump e Kim Jong-un em Julho.

Coats reconheceu que a Pyongyang suspendeu o comportamento provocativo relacionado às armas de destruição em massa, não conduziu qualquer teste com míssil nuclear em mais de um ano e desmontou uma das suas instalações nucleares.

No entanto, Kim continua a demonstrar abertura para a desnuclearização da península coreana, acrescentou o responsável daquele serviços de inteligência.

“Tendo dito isto, avaliamos actualmente que a Coreia do Norte vai procurar manter a sua capacidade de armas de destruição em massa”, apontou o director.

Trump e Kim devem encontrar-se novamente no fim de Fevereiro.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.