Radio Calema
InicioDestaquesPrimeiro-ministro palestiniano apresenta demissão do governo a Mahmud Abbas

Primeiro-ministro palestiniano apresenta demissão do governo a Mahmud Abbas

Os esforços de Abbas são considerados pelos analistas como mais um meio de isolar os seus rivais do movimento radical islâmico Hamas, avança o Diário de Notícias.

Responsáveis palestinianos que não quiseram ser identificados indicaram que Abbas nomeou no domingo um comité do seu partido laico, a Fatah, com quatro membros para consultas com as diversas fações, visando a formação de um novo governo, segundo a agência noticiosa norte-americana Associated Press.

Hamdallah “põe o seu governo à disposição do presidente Mahmud Abbas”, indicou um porta-voz do governo palestiniano num comunicado citado pela agência France-Presse.

O governo emana da Autoridade Palestiniana, entidade provisória reconhecida internacionalmente que devia prefigurar um Estado independente, integrando a Cisjordânia e a Faixa de Gaza, separados por algumas dezenas de quilómetros de território israelita.

O Hamas tomou o poder em Gaza em 2007, à força, em combates contra a Fatah, após a recusa da comunidade internacional de reconhecer a vitória dos islamitas nas eleições parlamentares de 2006.

O movimento que controla Gaza recusa reconhecer Israel e é considerado como terrorista pelo Estado hebreu, Estados Unidos e União Europeia.

A Autoridade Palestiniana só controla partes da Cisjordânia, dadas as limitações causadas pela ocupação israelita.

As divisões entre as fações palestinianas são consideradas um obstáculo à resolução do conflito israelo-palestiniano e das dificuldades vividas na Faixa de Gaza, com bloqueios de Israel e do Egito, pobreza e guerra.

O atual governo palestiniano é o que resta do gabinete de personalidades independentes que resultou de um entendimento da Fatah e do Hamas em 2014, quando as duas formações anunciaram a sua reconciliação, um acordo que não teve seguimento.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.