Smiley face

Governador quer jovens que promovam valores da paz e amor a pátria

0 1

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O governador provincial do Uíge, Pinda Simão, defendeu hoje, na cidade de Negage, a necessidade dos jovens serem os promotores de valores que enaltecem o respeito e amor à pátria, aos bens culturais, bem como motores da criatividade e inovação.

Segundo avança Angop, falando no encerramento do 4º acampamento nacional, denominado “Aldeia Ecuménica”, promovido pela Juventude do Conselho das Igrejas Cristãs em Angola (JUCICA), decorrido de 24 a 27 no município de Negage, Pinda Simão destacou a contribuição dos jovens ao longo da história de luta para a libertação nacional.

Apelou ainda, na ocasião, a juventude religiosa a continuar a jogar o seu papel nas tarefas de evangelização, acções de solidariedade social e comunitária, preservação do ambiente e saneamento das comunidades, promoção da saúde, do civismo, das artes e defesa dos direitos humanos.

O governante admitiu existir ainda problemas que afligem a juventude local, destacando, entre outros, o acesso à formação académica e profissional, falta de emprego e espaços de lazer, mas garantiu estarem em curso acções do governo da província que visa a construção de novos empreendimento de ensino e de inserção destes no processo produtivo e no empreendedorismo juvenil.

“Acreditamos que não há presente seguro e um futuro próspero e sustentável sem os jovens. Por isso, prestaremos especial atenção aos jovens de vários extractos, atendendo as vossas legítimas aspirações, criando oportunidades de formação multifacética para poderem lidar com os desafios actuais, cumprindo com as expectativas em relação ao mercado de trabalho” sublinhou Pinda Simão.

O encontro, que juntou cerca de 500 jovens, abordou matérias como o ecumenismo no fortalecimento dos cristãos e da acção social da igreja, importância da saúde juvenil no desenvolvimento integral do homem, o engajamento da juventude na promoção da justiça do género à luz dos objectivos do desenvolvimento sustentável, DTS e HIV/Sida e o empreendedorismo como factor de desenvolvimento da igreja e da sociedade.

O acto de encerramento testemunhado pela Secretária-geral do CICA, Deolinda Dorcas Teca, membros do governo da província e da administração municipal de Negage, pastores oriundos de várias províncias, foi abrilhantado por vários grupos corais.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »