Radio Calema
InicioMundoAmérica do SulÚltima Hora: Maduro resiste e acusa EUA de orquestraram golpe de Estado

Última Hora: Maduro resiste e acusa EUA de orquestraram golpe de Estado

Nicolás Maduro discursou perante apoiantes, esta quarta-feira, para dizer que “ninguém se rende” na Venezuela. “Basta de intervencionismo”, gritou, para justificar o fim das relações diplomáticas com os EUA e deu 72 horas a todos os norte-americanos da embaixada e consulados para abandonarem o país.

“A linha justa é lutar até vencer”, afirmou, depois de ter dito que no país “não há lugar a golpismo e imperialismo”. Segundo o presidente da Venezuela, citado pelo Jornal de Notícias, os EUA estão por detrás da autoproclamação de Juan Guaidó como presidente interino do país.

“Os EUA dirigem uma operação para impôr, através de um golpe de estado, um Governo à Venzeuala. Querem eleger e designar um governo por via extra-constituiconal”, acusou, num emotivo discurso feito à varanda, em frente a milhares de pessoas. “É uma irresponsabilidade”.

“Venezuela é a pátria dos libertadores da América”, afirmou Maduro, que pediu paz e concórdia.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.