Portal de Angola
Informação ao minuto

Basquetebol: Interclube revalida título de campeão nacional de sub-16

BASQUETEBOL: JOGO TREINO ENTRE A INTERCLUBE E A SELECÇÃO MASCULINA SUB 19 - Arquivo (FOTO: ROSÁRIO DOS SANTOS)

O Interclube revalidou sábado, no Pavilhão Arena Palanca Negra, em Malanje, o título de campeão nacional de basquetebol masculino em sub-16, ao derrotar o Sporting de Benguela, por 72-50, na final da 32ª edição do campeonato da modalidade.

Sem muito esforço, explica Angop, os polícias comandaram a partida nos dois períodos, perante um adversário apático e pouco preciso nos lances ofensivos, devido às consecutivas perdas de bolas e pouca eficácia na finalização.

Para o técnico do Interclube, Roque Correia, o triunfo é resultado da dedicação e empenho dos atletas, que vieram com a lição estudada para vencer o segundo campeonato consecutivo.

Apontou os ressaltos ofensivos como o ponto forte da equipa adversária, aspecto que o Interclube soube fragilizar, mediante a criação de estratégias no seu sector defensivo.

Por sua vez, o técnico do Sporting de Benguela, Sérgio Fernandes, considerou que a derrota soube a vitória, uma vez que a sua equipa não tinha grandes ambições, tendo em conta o pouco tempo de treino que teve.

Já em feminino, venceu o campeonato o Clube Formiguinhas do Cazenga, ao derrotar no prolongamento o Interclube, por 54-48, após um empate de 41-41, no tempo regulamentar.

A terceira posição em masculino coube à Vila Clotilde, que derrotou o Ferrovia, por 56-37, ao passo que, em terceiro lugar, em feminino ficou a Casa do Pessoal do Porto do Lobito, fruto da vitória de 28-23, sobre do Benfica do Lubango.

A atleta Sara Caetano (Formiguinhas) foi a melhor cestinha e igualmente a MVP do campeonato em feminino, ao passo que Adilson Mbuine (Interclube) e José Calemessa (Sporting de Benguela), saíram como atleta MVP e melhor cestinha, respectivamente.

A Academia de Malanje foi considerada equipa revelação em masculino e os Escorpiões de Viana, em feminino.

O campeonato contou com a participação de 20 equipas, sendo 13 do sexo masculino e 13 do feminino, das províncias de Malanje, Luanda, Lunda Sul, Namibe, Cuanza Sul, Benguela, Huila e Bié.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »