Radio Calema
InicioEconomiaFinanças: Bolso dos portugueses pesa mais em janeiro

Finanças: Bolso dos portugueses pesa mais em janeiro

30% dos portugueses e europeus aponta o primeiro mês do ano como o mais complicado a nível financeiro

Depois dos foguetes e da ressaca das festas de final de ano, explica o SOL, janeiro parece não ter assim tanta graça, pelo menos do ponto de vista financeiro.

Esta é pelo menos a visão de 30% dos inquiridos, portugueses e estrangeiro, do estudo da European Consumer Payment Report 2018. Em Portugal, os homens são quem mais sente essa dificuldade, com 28% de respostas positivas. Apenas 21% das mulheres afirma sentir que este é o pior mês do ano para a carteira. Um tendência que não segue o padrão europeu em que são mais as mulheres, 32%, do que os homens, 27%, a sentir este peso.

“O relatório demonstra que as faixas etárias dos 50-64 anos e 25-34 são as que sentem mais dificuldades financeiras durante o mês de janeiro, com percentagens que se situam nos 34% e 32% respetivamente. Seguindo-se a faixa etária dos 25-49 com o valor de 28%”, explica o relatório. No resto da Europa, as faixas etárias mais prejudicadas vão dos 25 aos 34 anos, 31%, e dos 35 aos 49 anos, 32%.

Há ainda mais um dado curioso no estudo, uma vez que “43% dos portugueses já emprestou dinheiro a alguém para ajudar a pagar uma ou mais contas. Do total mencionado, 17% não espera receber de volta o dinheiro que emprestou”. A família é o principal alvo de empréstimo enquanto os amigos, com 36%, e os colegas de trabalho, 7%, também entram na lista.

Este dinheiro é utilizado “para o pagamento de contas de gás, água e eletricidade (21%), rendas (19%), dívidas pendentes (13%) e de cuidados de saúde (médicos e dentistas) (11%)”, pode ler-se no comunicado. “A nível europeu o pagamento de rendas (19%), gás, água e eletricidade (19%), contas de telemóvel (13%) e pagamento de empréstimos (13%) são os motivos mais mencionados”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.