Portal de Angola
Informação ao minuto

Criança de três anos morre por consumo de aguardente no Cunene

GOVERNADOR PROVINCIAL DO CUNENE, VIGÍLIO TYOVA (FOTO: JOSÉ CACHIVA)

Uma menor de três anos de idade, no município de Ombadja, província do Cunene, morreu por consumir aguardente caseiro, soube nesta quinta-feira, em Ondjiva, a Angop.

A morte da menor de três anos de idade ocorreu na localidade de Ombala Ya Mungo, município de Ombadja, 96 quilometro a Norte de Ondjiva, capital do Cunene, na terça-feira, numa altura em que a mãe se deslocou, a 15 quilómetros de casa à procura de água, devido a seca que assola à província

Reagindo ao acontecimento, o governador do Cunene, Vigílio Tyova, lamentou o ocorrido e sublinhou que devido a seca existem, no município, famílias com agregados de 10 pessoas a gerir apenas 20 litros de água em 24 horas.

Para mitigar e atender as 284 mil e 780 pessoas e 255 mil e 240 animas diversos sob ameaça da seca no Cunene está em carteira um plano de emergência e contingência de assistência, através da abertura de 35 novos furos de água e do desassoreamento das chimpacas.

Quanto a situação da fome, informou que consta no plano a aquisição de milho nas províncias da Huíla e Huambo, para garantir o stock alimentar, uma vez que se prevê escassez de alimentos nas zonas rurais.

No domínio da agricultura, disse que vai se adquirir sementes de massango de ciclo vegetativo curto na República da Namíbia.

“A seca no Cunene é um problema cíclico, cuja solução definitiva passa pela construção de canais abertos junto dos rios que circundam a província, de modo a que as populações nas zonas rurais deixem de depender unicamente das chuvas para a agricultura, consumo humano e para os animais”, reforçou o governante.

Segundo dados do Censo de 2014, no Cunene 68 por cento dos agregados familiares dedicam-se à agricultura e a pecuária.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »