Radio Calema
InicioDesportoFutebolBarcelona arrisca ser desclassificado da Taça por alinhamento indevido

Barcelona arrisca ser desclassificado da Taça por alinhamento indevido

Em causa está a utilização de Chumi na primeira mão dos oitavos-de-final, diante do Levante.

O Barcelona entra, esta quinta-feira, em campo para tentar reverter a derrota por 1-2 sofrida diante do Levante na primeira mão dos oitavos-de-final da Taça do Rei. Um jogo que, no entanto, poderá de nada servir, uma vez que o conjunto blaugrana corre sério risco de ser desclassificado na secretaria.

Isto porque, a horas do pontapé de saída na partida de Camp Nou, o jornal espanhol El Mundo noticia que a equipa de Ernesto Valverde terá cometido alinhamento indevido no encontro da passada quinta-feira, disputado na Ciutat de València.

Em causa estará a utilização de Juan Brandáriz, ou Chumi, como é conhecido no mundo do futebol. O central de 19 anos foi titular no jogo em causa, pese embora estivesse a cumprir castigo por ter chegado aos cinco cartões amarelos pela equipa B dos catalães.

O artigo 56.3 do código disciplinar da Federação espanhola (RFEF) estipula que, “até que não se cumpra a sanção com a sua equipa”, o “jogador castigado não poderá intervir em nenhuma equipa ou clube, até que cumpra, na categoria em que cometeu a referida infração, o número de jornadas que sejam devidas à sanção”.

O jornal El Mundo recorda que, mais à frente, o artigo 76 refere que “o clube que alinhe indevidamente um jogador por não reunir os requisitos regulamentares para poder participar num jogo, este será dado por perdido, declarando-se vencedor o adversário com um resultado de 3-0, a não ser que tenha havido uma desvantagem superior, caso a competição seja por pontos. Caso seja por eliminatórias, estas ficarão resolvidas a favor do adversário”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.