Radio Calema
InicioAngolaRegiõesRei do Cuito Cuanavale pede intervenção para estancar ravinas

Rei do Cuito Cuanavale pede intervenção para estancar ravinas

O rei do Cuito Cuanavale, município da província do Cuando Cubango, Bingo Bingo, solicitou terça-feira, a intervenção do governo local no sentido de estancar as ravinas que continuam aumentar e ameaçar destruir equipamentos sociais.

O soberano, fez esse apelo durante uma visita do governador provincial do Cuando Cubango, Pedro Mutindi, ao Cuito Cuanavale, no âmbito 15 de Janeiro, Dia dos Antigos Combatentes, tendo referido que a situação é já do conhecimento das autoridades locais, mas que até ao momento não dão solução para se acabar com as ravinas que aumentam, principalmente neste tempo de chuva.

“A situação das ravinas dura há anos e continua preocupante, por ameaçar interromper a circulação de pessoas e bens do Cuito Cuanavale para outras regiões, assim como pode provocar a destruição de bens sociais como residências, escolas e postos de saúde”, alertou

Defendeu a necessidade do Governo Provincial do Cuando Cubango adoptar políticas mais eficazes para o estancamento das ravinas, uma vez que a população está insatisfeita com as medidas adoptadas pelas autoridades da circunscrição de desalojar constantemente as pessoas.

Em resposta, Pedro Mutindi lembrou ser responsabilidade do governo local solucionar os problemas da população, por isso tudo vai fazer para resolver esse problema das ravinas que inquieta a população do Cuito Cuanavale.

Disse que se o governo da província do Cuando Cubango não possuir meios e mecanismo para acabar com as ravinas, o caso será reencaminhado ao Executivo no sentido de apoiar nesta tarefa.

Mais de seis mil pessoas vivem próximas às ravinas ao redor da vila do Cuito Cuanavale, algumas com mais de 10 metros de profundidade.

O Cuito Cuanavale, um dos nove municípios da província do Cuando Cubango, possui uma população estimada em cerca 40 mil e 829 habitantes.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.