Portal de Angola
Informação ao minuto

Estado Islâmico reivindica ataque que matou pelo menos oito soldados norte-americanos

Soldados sírios e norte-americanos em Hasakah, na Síria 4/11/2018 (REUTERS/Rodi Said)

O Estado Islâmico reclamou a autoria do ataque que, esta quarta-feira, matou militares norte-americanos na cidade síria de Manbij, avança a TSF.

Oito soldados norte-americanos foram mortos, esta quarta-feira, numa explosão durante uma patrulha de rotina num movimentado mercado da cidade. O atentado foi reivindicado pelo Estado Islâmico.

A cadeia de televisão CNN avança que a confirmação foi dada, via Twitter, pela “Operation Inherent Resolve”, uma coligação responsável pelo combate ao terrorismo.

Não se sabe quantos soldados foram mortos, uma vez que a coligação ainda está a recolher informações, mas o Observatório Sírio para os Direitos Humanos dá conta de que, pelo menos, oito militares perderam a vida.

O atentado surge menos de um mês de depois do Presidente dos Estados Unidos ter anunciado a retirada das tropas norte-americanas da Síria. Na altura, num vídeo publicado no Twitter, Donald Trump anunciou que tinham vencido o Estado Islâmico.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »