Portal de Angola
Informação ao minuto

Mortes por malária caíram para quase metade em 2018, diz Ministério da Saúde

(DR)

No ano passado, a malária matou 7.356 pessoas em Angola, quando em 2017 o número de mortes causadas pela doença tinha sido quase o dobro: 13.967.

De acordo com o Novo Jornal Online, embora a malária continue a ser a principal causa de morte no país, no ano passado os óbitos provocados pela doença reduziram de 13.967 para 7.356, indicam dados preliminares do Ministério da Saúde.

Para além da diminuição das mortes por malária, verificou-se uma descida no número de casos diagnosticados: de 4.500.221 em 2017 para 3.007.111 no ano passado.

Os dados de 2018 revelam a inversão da tendência verificada no 1.º semestre desse ano, encerrado com 3.853 mortes, acima do valor registado em 2017.

As autoridades nacionais chegaram mesmo a apontar 2018 como um dos anos em que a doença atingiu maior incidência, assumindo contornos de epidemia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »