Portal de Angola
Informação ao minuto

Basquetebol: Angolanos com opositores egípcios na AfroLiga

PETRO DE LUANDA - 1º DE AGOSTO (ARQUIVO) (FOTO: ANTONIO ESCRIVÃO)

As equipas angolanas do 1º de Agosto e Petro de Luanda têm como principal adversários à passagem aos quartos-de-finais da primeira edição da AfroLiga de Clubes em Basquetebol as formações egípcias do Al Ahly e Smouha.

Segundo avança Angop o sorteio da Fiba/África, realizado na noite deste sábado, em Abidjan (Cote d’Ivoire), “colocou” o D’Agosto no grupo C com o Ferroviário da Beira de Moçambique e REG do Rwanda, além do Al Ahly.

Face ao histórico de cada um, o conjunto angolano (mais titulado do continente com 8 ligas) afigura-se favorito a atingir a etapa seguinte da competição, agora também denominada por “Elite 8”, para qual apuram-se os dois primeiros de cada grupo.

Em posição semelhante estão os petrolíferos, integrantes da série D, com o COSPN do Madagáscar e BC Mazembe da RD Congo, clubes com pouca expressão a nível do continente. Aqui, provavelmente os petrolíferos encaram “contra-peso” por parte do Smouha do Egipto, país com certa tradição em competições do género.

No novo formato, a prova arranca em Fevereiro com 16 clubes divididos em quatro grupos (de quatro cada) a disputarem a primeira fase por janelas, com três dias de concentração num dos países a definir, apurando-se para a etapa seguinte (elite8) os dois melhores de cada série.

Daí, já com oito participantes (dois grupos de quatro cada), classificam-se as quatro finalistas, que disputarão o título no sistema final-four.

A primeira janela acontece de 8 a 10 de Fevereiro, a segunda de 15 a 17 do mesmo mês, a terceira terá lugar de 1 a 3 de Março e a última está reservada para o período de 8 a 10 igualmente de Março. De 22 de Março a 14 de Abril joga-se o Elite8, enquanto a final disputa-se de 3 a 5 de Maio. Até a data presente, a Liga dos Campeões em basquetebol era jogada no sistema concentrado num país e a final era disputada a dois.

Eis os grupos:

Grupo A: AS Salé (Marrocos); R.Hoopers (Nigéria); JS Kairouan (Tunísia) e SLAC (Guiné-Conacry)

Grupo B: ES Radés (Tunísia); Defenders (Nigéria); Elan BBC (Benin) e BC Terreur (Congo)

Grupo C: 1º de Agosto (Angola); AL Ahly (Egipto); Ferroviário da Beira (Moçambique) e REG (Rwanda)

Grupo D: Petro de Luanda (Angola); Smouha SC (Egipto); BC Mazembe (RDC) e COSPN (Madagáscar).

O AS Salé do Marrocos é o detentor do troféu, ganho em 2017 na Tunísia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »