Portal de Angola
Informação ao minuto

Alguma coisa mudou no Moxico depois da troca de governador?

Activista Nelson Mucazo Euclides (DR)

Em entrevista à Voz da América, o activista e defensor dos direitos humanos, Nelson Mucazo Euclides, fez uma avaliação sobre o primeiro ano de Gonçalves Manuel Muandumba como governador da província do Moxico, que foi nomeado a 28 de Setembro de 2017, em substituição a João Ernesto dos Santos “Liberdade”, no cargo há 26 anos.

“O que constatei é que a diferença entre o “Liberdade” e o Muandumba é apenas na altura: um é alto e o outro é médio. Quanto aos seus trabalhos, não diferem em nada”.

Segundo Euclides, as estradas foram raspadas da mesma forma como sempre fez o governador anterior, e continuam sem asfalto. Nada mudou na área da saúde. As pessoas que trabalharam com o “Liberdade” são as mesmas que trabalham com o actual governador.

Ele também explicou que no Moxico falta um pouco de tudo: das vias à alimentação. “Na área académica não temos biblioteca; na área da saúde, é um problema geral. … só dão as receitas, nunca recebemos os medicamentos”.

Euclides informou que activistas do Moxico escreveram uma carta para a procuradoria. Eles querem saber se durante a governação de “Liberdade” houve desvios de fundos públicos, mas ainda não tiveram nenhuma resposta.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »