Smiley face

Alguma coisa mudou no Moxico depois da troca de governador?

0 31

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Em entrevista à Voz da América, o activista e defensor dos direitos humanos, Nelson Mucazo Euclides, fez uma avaliação sobre o primeiro ano de Gonçalves Manuel Muandumba como governador da província do Moxico, que foi nomeado a 28 de Setembro de 2017, em substituição a João Ernesto dos Santos “Liberdade”, no cargo há 26 anos.

“O que constatei é que a diferença entre o “Liberdade” e o Muandumba é apenas na altura: um é alto e o outro é médio. Quanto aos seus trabalhos, não diferem em nada”.

Segundo Euclides, as estradas foram raspadas da mesma forma como sempre fez o governador anterior, e continuam sem asfalto. Nada mudou na área da saúde. As pessoas que trabalharam com o “Liberdade” são as mesmas que trabalham com o actual governador.

Ele também explicou que no Moxico falta um pouco de tudo: das vias à alimentação. “Na área académica não temos biblioteca; na área da saúde, é um problema geral. … só dão as receitas, nunca recebemos os medicamentos”.

Euclides informou que activistas do Moxico escreveram uma carta para a procuradoria. Eles querem saber se durante a governação de “Liberdade” houve desvios de fundos públicos, mas ainda não tiveram nenhuma resposta.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »