- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Destaques Funeral de Jonas Savimbi vai mobilizar milhares de angolanos, mesmo sem honras...

Funeral de Jonas Savimbi vai mobilizar milhares de angolanos, mesmo sem honras de Estado – UNITA

Depois de o Governo ter avisado que o funeral de Jonas Savimbi “não terá honras de Estado”, a UNITA vem dizer que o seu líder histórico “não foi uma pessoa qualquer”, pelo que a cerimónia das suas exéquias “vai mobilizar milhares de angolanos que virão de todos os cantos do país”.

Jonas Savimbi “não pertencia à família governamental quando faleceu”, por isso o seu funeral “não terá honras de Estado”, explicou na passada quarta-feira, 9, o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião.

O governante garantiu, contudo, que “estão criadas as condições” para a exumação dos restos mortais do antigo líder da UNITA.

Sem se pronunciar sobre as declarações de Pedro Sebastião, o porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, sublinhou que o ” importante é que prevaleça a vontade de cooperação manifestada pelo senhor Presidente da República”, no sentido de promover o trabalho conjunto entre o “Galo Negro” e o Governo, no âmbito da comissão das exéquias fúnebres.

Reafirmando o compromisso da UNITA de realizar o funeral de Jonas Savimbi este ano, Sakala lembrou que durante o período das chuvas é “muito difícil acolher um grande número de pessoas” na terra natal do líder histórico do “Galo Negro”.

Sem avançar datas para as cerimónias fúnebres, Alcides Sakala defende que um “programa que esteja à altura e à dimensão do Dr. Savimbi” pressupõe “um ambiente de serenidade de espírito”.

O momento promete marcar a agenda do “Galo Negro” em 2019, definido pela direcção do partido como o “ano da consagração da memória” de Jonas Savimbi.

Jonas Savimbi nasceu a 3 de Agosto de 1934, em Munhango, Bié, embora em diversas declarações de responsáveis da UNITA seja feita referência à vontade de devolver o seu corpo à sua origem, no Andulo, igualmente no Bié.

- Publicidade -
- Publicidade -

EUA preparam militares para conter protestos em Minneapolis enquanto tumultos se espalham pelo país

Após conversa entre Trump e seu secretário de Defesa, o Pentágono deu ordem para que 800 soldados da Polícia Militar americana estejam preparados para...
- Publicidade -

EUA ameaçam portos, empresas e governos caso ajudem petroleiros iranianos em direcção à Venezuela

Representante americano para a Venezuela disse que empresas, portos, governos e seguradoras poderiam encarar duras sanções caso prestem serviços a navios-tanque do Irão seguindo...

Merkel rejeita convite de Trump para participar do G7 presencialmente

A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou o convite do líder norte-americano, Donald Trump, para participar da cimeira do G7 pessoalmente. A informação foi divulgada...

Adespov disponibiliza ajuda financeira para famílias vulneráveis

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (Adespov) tem disponíveis um milhão, 863 mil e 368 Euros para apoiar as famílias...

Notícias relacionadas

EUA preparam militares para conter protestos em Minneapolis enquanto tumultos se espalham pelo país

Após conversa entre Trump e seu secretário de Defesa, o Pentágono deu ordem para que 800 soldados da Polícia Militar americana estejam preparados para...

EUA ameaçam portos, empresas e governos caso ajudem petroleiros iranianos em direcção à Venezuela

Representante americano para a Venezuela disse que empresas, portos, governos e seguradoras poderiam encarar duras sanções caso prestem serviços a navios-tanque do Irão seguindo...

Merkel rejeita convite de Trump para participar do G7 presencialmente

A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou o convite do líder norte-americano, Donald Trump, para participar da cimeira do G7 pessoalmente. A informação foi divulgada...

Adespov disponibiliza ajuda financeira para famílias vulneráveis

A Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social das Populações Vulneráveis (Adespov) tem disponíveis um milhão, 863 mil e 368 Euros para apoiar as famílias...

Malanje: Cambundi-Catembo terá mais escolas

O município de Cambundi-Catembo, na província de Malanje, poderá, a partir de 2021, inserir 2.430 crianças no sistema de ensino. O feito estará condicionado à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.