Portal de Angola
Informação ao minuto

Benguela: Atropelamentos fazem quatro mortos em sete dias

Huambo: Moto-taxistas envolvidas em acidente (Foto: Angop)

Quatro pessoas morreram e nove outras ficaram feridas em consequência de seis atropelamentos registados nas estradas, a nível da província de Benguela, pelo Comando Provincial da Polícia Nacional.

De acordo com o porta-voz da corporação, superintendente Francisco Tchango, que apresentava à Angop, nesta quinta-feira, o balanço semanal, os atropelamentos que resultaram em mortes ocorreram nos troços Benguela/Catumbela/Lobito.

O oficial adiantou ainda que, no mesmo período, foram registados 11 acidentes de viação, menos quatro em relação a semana anterior, onde os danos materiais ficaram avaliados em um milhão e 990 mil kwanzas.

Os municípios de Benguela, Caimbambo e Bocoio foram os mais visados ao registarem quatro, três e dois acidentes respectivamente.

Por outro lado, o porta-voz avançou que o comando da PN registou ainda nos últimos sete dias, 150 crimes diversos (-39), destes 145 de fórum comum, cinco de naturezas económica, sendo 112 já esclarecidos, resultando na detenção de 95 cidadãos acusados dos referidos crimes.

Segundo o porta-voz, destacam-se nas ocorrências 48 crimes contra pessoas, 94 contra propriedades e três de narcotráfico.

Francisco Tchango disse que constituíram factos relevantes três homicídios, sendo um involuntário, um voluntário e outro passional, uma violação sexual de menor e um caso de abandono de infante, ocorridos nos municípios de Benguela e Catumbela.

Segundo o responsável, 136 crimes ocorreram em zonas periféricas e 14 na zona urbana, em que 83 cidadãos implicados são desocupados, 10 trabalhadores e dois estudantes.

Administrativamente, o município sede da província foi o mais visado com 93 crimes, seguido do Lobito com 30, Baía-Farta com sete e Catumbela com cinco crimes, respectivamente.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »