Portal de Angola
Informação ao minuto

Segundo mais votado nas eleições da RDC rejeita resultados da CENI

Martin Fayulu (DR)

Martin Fayulu contesta os resultados proclamados pela Comissão Nacional Eleitoral Independente (CENI) nesta quinta-feira (10 de janeiro), que atribui à vitória a Félix Tshisekedi. O vencido, estes resultados “não têm nada a ver com a verdade das pesquisas. ”

“Apesar das imposições insanas e irresponsáveis ​​da CENI, nunca deixamos de exigir uma alternância democrática para construir juntos um Congo digno e próspero” , diz Martin Fayulu.

De acordo com o Congo Actual, Martin convida a Conferência Episcopal Nacional do Congo (CENCO) e a Igreja de Cristo no Congo (ECC) a revelar os resultados das suas missões de observação, a fim de permitir que os congoleses saibam quem realmente ganhou.

“Todos juntos, vamos dizer não à adulteração dos resultados e não ao assalto eleitoral. Para todos aqueles que souberam da verdade da urna, especialmente na CENCO e na ECC, através de suas observações históricas, pedimos que revelem ao povo congolês e ao mundo inteiro o nome da pessoa que realmente incorporou a escolha do nosso povo “, diz Martin Fayulu.

O candidato de Lamuka ficou em segundo lugar na eleição presidencial com 35,2% dos votos, e superou Emmanuel Ramazani Shadary, que é o terceiro com 23,8% dos votos. Segundo dados divulgados pelo CENI, Felix Tshisekedi venceu a eleição presidencial com 38,57%.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »