Smiley face

Gado no Namibe pode ser infectado com papilametose

0 40

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Pelo menos 15 mil cabeças de gado bovino da comuna de Bentiaba, município de Moçâmedes, província do Namibe, correm o risco de contraírem, nos próximos dias, a “Papilametose bovina”, uma doença infecto contagiosa autolimitante.

O primeiro caso isolado da “Papilametose bovina”, também conhecida por “verrucose”, apareceu pela primeira vez na província em Junho de 2018, segundo o criador Kavimbi Tchipiaka.

A doença é caracterizada por borbulhas que cobre o corpo todo do animal.

Na altura, o criador pensou que fosse apenas umas simples borbulhas que desapareciam dias depois, mas agora vê-se que a doença começou a contaminar outras cabeças de gado.

A doença tende a propagar-se por toda região, motivo que levou os criadores a alertar a direcção provincial de veterinária, que fez deslocar alguns técnicos à localidade para a recolha de amostras.

Segundo o chefe do departamento dos serviços veterinários da província do Namibe, Luís Paulo Bié, que falava à Angop, já foram feitas colectas de amostras de sangue e encaminhadas para o laboratório regional de veterinária na província da Huila para confirmação da doença.

“Tudo leva-nos a concluir que estamos diante da denominada “Papilametose bovina” também conhecida pela “ verrucose”, dados que só poderemos confirmar com os resultados clínicos e daí partirmos para o devido tratamento dos animais infectados”, disse.

Lamentou o facto de muitos criadores não levarem o gado às mangas de vacinação para serem vacinados, situação que ajudar na propagação de doenças do género.

“Criadores de gado, que tem mais de 100 a 200 cabeças, apenas trazem para campanha 15 a 30 cabeças, alegando que, depois vacinado, grande parte do gado morre”, lamentou.

Naquela localidade, os técnicos de veterinária estão a desenvolver uma intensa campanha de sensibilização junto dos criadores de gado, de modo a persuadi-los a vacinarem os seus animais, evitando assim doenças como a verrucose.

Os serviços de veterinária estão igualmente a sensibilizar a população a comprar carne apenas nos talhos, por estes locais garantirem qualidade da carne inspeccionada.

É a primeira vez que essa doença bovina aparece na província.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »