Radio Calema
InicioAngolaSociedadeVila de Lândana já tem 78 anos

Vila de Lândana já tem 78 anos

A Vila de Lândana, situada no município de Cacongo, província de Cabinda, celebrou ontem, dia 8 de Janeiro, o 78.º aniversário da sua fundação, em alusão a efeméride a administração local preparou diversas atracções para animar os munícipes e turistas nacionais e estrangeiros.

Segundo apurou à Angop, as festividades começaram sábado último com várias actividades desportivas, recreativas e culturais.

No âmbito das comemorações, foi decretada hoje tolerância de ponto em toda extensão do município, criado em 8 de Janeiro de 1941, com a designação de Vila Guilherme Capelo, até 1975. Depois da independência de Angola, passou a chamar-se Lândana. É actualmente constituído pelas comunas de Dinge e Massabi.

Umas das grandes atracções turísticas da vila, além das praias e os mangais, é a centenária Igreja Católica São Tiago Maior de Lândana, considerada a primeira missão de evangelização (Católica) na região Austral de África.

Classificada como património cultural nacional, em Julho de 2013, desabou, a 28 de Abril de 2018, devido ao seu estado avançado de degradação e chuvas torrenciais. Com 145 anos de existência, completados a 25 de Junho último, a Igreja de São Tiago Maior de Lândana foi edificada por padres Franciscanos.

Entretanto, a sua reconstrução será feita, brevemente, mantendo a sua traça original, segundo garantiu a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, durante a sua visita de constatação ao local, em 2018 (…) .

O município de Cacongo situa-se na costa do Oceano Atlântico, junto à baía de Lândana, sendo limitado a norte pela República do Congo, a este pelo município de Buco-Zau e a 46 quilómetros a norte da cidade de Cabinda. Tem 1 732 km² e cerca de 21 mil habitantes, que se dedicam à pesca e agricultura.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.