Smiley face

Tribunal da Guatemala bloqueia decisão de presidente expulsar ONU

0 26

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Tribunal Constitucional da Guatemala bloqueou hoje a decisão do Presidente, Jimmy Morales, de unilateralmente pôr fim a uma comissão anticorrupção da ONU no país, avança o Observador que cita a Lusa.

Essa comissão enfureceu Morales por ter ajudado as autoridades guatemaltecas a investigá-lo, bem como aos seus filhos e irmão, por acusações de corrupção, que eles negam.

Anunciada hoje de manhã, após uma noite inteira de deliberações, a decisão do Tribunal Constitucional guatemalteco incidiu sobre cinco recursos e em todos eles a mais alta instância judicial do país se pronunciou contra aquilo a que chamou o cancelamento “unilateral” por Morales do acordo com as Nações Unidas, tendo ordenado a suspensão dessa decisão presidencial.

O chefe de Estado argumentou que a comissão anticorrupção tinha violado a soberania da Guatemala e os direitos dos suspeitos.

Perante a recusa do Governo de garantir a segurança dos membros da comissão, a ONU retirou-os do país centro-americano.

Já anteriormente o tribunal tinha discutido com Morales sobre a comissão.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »