Portal de Angola
Informação ao minuto

Tribunal da Guatemala bloqueia decisão de presidente expulsar ONU

Jimmy Morales (DR)

O Tribunal Constitucional da Guatemala bloqueou hoje a decisão do Presidente, Jimmy Morales, de unilateralmente pôr fim a uma comissão anticorrupção da ONU no país, avança o Observador que cita a Lusa.

Essa comissão enfureceu Morales por ter ajudado as autoridades guatemaltecas a investigá-lo, bem como aos seus filhos e irmão, por acusações de corrupção, que eles negam.

Anunciada hoje de manhã, após uma noite inteira de deliberações, a decisão do Tribunal Constitucional guatemalteco incidiu sobre cinco recursos e em todos eles a mais alta instância judicial do país se pronunciou contra aquilo a que chamou o cancelamento “unilateral” por Morales do acordo com as Nações Unidas, tendo ordenado a suspensão dessa decisão presidencial.

O chefe de Estado argumentou que a comissão anticorrupção tinha violado a soberania da Guatemala e os direitos dos suspeitos.

Perante a recusa do Governo de garantir a segurança dos membros da comissão, a ONU retirou-os do país centro-americano.

Já anteriormente o tribunal tinha discutido com Morales sobre a comissão.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »