Radio Calema
InicioMaisSem PalavrasNorte-americana despedida após arrastar aluno com autismo pelos corredores da escola

Norte-americana despedida após arrastar aluno com autismo pelos corredores da escola

O caso aconteceu em outubro do ano passado, mas está agora a dar que falar depois da mãe do menino de 9 anos divulgar as imagens do momento em que o filho é arrastado.

Uma professora norte-americana foi despedida depois de ter arrastado pelos pulsos um aluno com autismo, nos corredores de uma escola, no estado do Kentucky.

Segundo avança a SIC Notícias, apesar do caso ter acontecido em outubro, a professora só esta segunda-feira foi demitida, após a divulgação do vídeo, que levou ainda a norte-americana a ser indiciada pelo crime de agressão física na forma tentada.

Identificada pelas autoridades como Trina Abrams, a mulher foi apresentada esta quarta-feira a tribunal, onde se declarou inocente. Segundo a NBC News, a próxima audiência acontece a 20 de fevereiro, mas um juiz já decidiu que a mulher não pode trabalhar em ambientes escolares ou com jovens e crianças, sem supervisão.

O vídeo foi publicado pela mãe Angel Nelson nas redes sociais e, nas imagens, é possível ver Trina Abrams a arrastar a criança de 9 anos pelos pulsos, ao longo de vários corredores, na Escola de Wurtland. “Tu queres andar”, é possível ouvir a ex-professor no vídeo. “Não”, responde a criança.

Em entrevista à emissora norte-americana, Angel Nelson disse que o filho foi diagnosticado com autismo, transtorno de défice de atenção e hiperatividade, transtorno de stress pós-traumático, ansiedade e depressão, e tem ainda uma capacidade de fala limitada. A mãe confessou que desde o incidente tem problemas de confiança.

“Quando envias o teu filho para a escola, esperas que esteja em segurança. O professor seria a última coisa com que tinha de me preocupar.”

Angel Nelson disse ainda que retirou o filho da Escola de Wurtland e matriculou-o noutra instituição.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.