Portal de Angola
Informação ao minuto

Começa audição que vai decidir sobre libertação ou extradição de Manuel Chang

O País

O ex-ministro das Finanças de Moçambique, Manuel Chang, aparece no tribunal durante uma audiência de extradição em Joanesburgo, África do Sul, em 8 de janeiro de 2019. (REUTERS / Shafiek Tassiem)

O ex-ministro das Finanças Manuel Chang acaba de entrar na sala de audições do Tribunal de Kempton Park vindo da Prisão de Modabi, em Joanesburgo. A sessão desta quarta-feira deverá decidir se Manuel Chang será extraditado, conforme pedido da justiça norte-americana, ou será posto em liberdade, mediante pagamento de caução.

Ontem, a procuradora Elivera Subrayen pediu o adiamento da audição para melhor preparar-se para responder aos argumentos da defesa do ex-ministro e deputado da Assembleia da República, que defende que a detenção é ilegal e recusa a extradição.

Antes do início da audição, uma brigada da Polícia anti-explosivos esteve na sala a verificar a existência ou não de artefactos que pudessem perigar a vida de Chang e das pessoas que acompanham a sessão. Por isso, os trabalhos que deviam ter iniciado às 09H00 atrasaram cerca de 40 minutos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »