Portal de Angola
Informação ao minuto

Rebeldes tomam controlo de uma cidade mineira na RCA

Rebelde na República Centro-Africana. (Foto via.)

A Frente Popular para o Renascimento Centro-africano (FPRC), grupo armado saído do ex-Séléka, tomou o controlo de Bakouma, uma cidade mineira situada no centro-sul da RCA.

De acordo com a Angop, o grupo, constituído maioritariamente por muçulmanos, obriga as autoridades locais e os soldados da Missão das Nações Unidas (MINUSCA) a deixar a cidade, indicou um correspondente da BBC em Bangui.

Segundo um deputado desta cidade, durante o ataque ocorrido no domingo houve mortos, casas e lojas incendiadas, bem como deslocações em massa de pessoas para o mato e para localidades vizinhas.

O líder da FPRC, Abdoulaye Hissène, declarou que o grupo rebelde conta estender o seu controlo a toda a região de Bangassou, onde se situa a cidade de Bakouma.

Bakouma é uma cidade estratégica, onde se encontra uma grande mina de urânio. A companhia mineira francesa Areva, que opera na zona, suspendeu as suas actividades, segundo a BBC.

A cidade concentra igualmente uma mina de diamantes e é também uma zona de passagem do tráfico de armas que compreende um corredor ligado ao Tchad e ao Sudão.

Sob as ordens do seu chefe de estado-maior, Abdoulaye Hissène, a FPRC força as autoridades regionais de Bangassou, bem como os soldados da MINUSCA, a deixar esta cidade.

Hissène rejeita qualquer diálogo com a missão enviada à Bakouma pelas autoridades centro-africanas, alegando o incumprimento dos acordos assinados pela FPRC e o governo.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »