Portal de Angola
Informação ao minuto

Mais de 10 mil mortos em acidentes de viação na Tunísia de 2011 a 2019

Imagem ilustrativa (DR)

Dez mil e 117 pessoas morreram e 81 mil e 235 ficaram feridas em 53 mil e 500 acidentes de viação registados na Tunísia, de 1 de janeiro de 2011 a 31 de dezembro de 2018, indicou no fim de semana o diretor do Observatório Nacional Tunisino da Segurança Rodoviária, Mourad Jouini, avança a PANA.

Em entrevista radiofónica, Jouini indicou que as principais causas dos acidentes rodoviários são ligadas, essencialmente, ao mau estado das estradas, de que resultaram 12 mil e 140 acidentes com mil e 448 mortos e 11 mil e 830 feridos.

O responsável mencionou também a negligência e à inatenção dos condutores, responsáveis por nove mil e 448 acidentes de que resultaram mil e quatro mortos e 12 mil e 911 feridos.

Acrescentou o excesso de velocidade que provocou oito mil e 786 acidentes que fizeram três mil e 16 mortos e 708 feridos.

A província de Túnis ocupa o primeiro lugar em matéria de acidentes rodoviários com 11 mil e 561 unidades (993 mortos e 15 mil e 753 feridos), seguida pela província de Ben Arous com quatro mil e 613 acidentes (440 mortos e seis mil e 566 feridos) e pela província de Sfax, que registou três mil e 831 acidentes com 890 mortos e seis mil e 251 feridos, indicou o responsável.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »