Radio Calema
InicioAngolaSociedadeFaculdade de Economia da UKB abre 225 vagas em três cursos

Faculdade de Economia da UKB abre 225 vagas em três cursos

Duzentas e vinte e cinco vagas estão disponíveis na Faculdade de Economia da Universidade Katyavala Bwila, em Benguela, para o ano académico 2019, anunciou hoje o seu decano, José Nicolau Silvestre.

Em declarações à Angop, o decano da referida faculdade informou que dois mil candidatos concorrem às 225 vagas abertas nos cursos de Economia, Contabilidade e Auditoria, e Gestão de Empresas, nos períodos regular e pós-laboral.

Afirmou que, em cumprimento do calendário académico, as inscrições iniciaram no dia dois Janeiro e terminam a 19 deste mês, estando a prova de exame de acesso aprazada para Fevereiro próximo.

Evocou que em 2018 concorreram mil e 820 candidatos para o mesmo número de vagas abertas no presente ano lectivo, o que representa um acréscimo de 180 candidatos comparativamente ao ano académico passado.

Considerou, ainda, que a insuficiência de salas de aula tem condicionado a absorção de mais jovens ávidos de se formarem nesta instituição do ensino superior, a julgar pelo elevado número de candidatos que anualmente afluem à faculdade, o que contrasta com as vagas disponíveis.

De acordo com o responsável, a Faculdade de Economia funciona neste momento com oito salas de aula e conta com 46 professores, 15 dos quais colaboradores e quatro expatriados de nacionalidade cubana.

Segundo o decano, entre os desafios está, por um lado, o aumento de mais cinco salas no sentido de ampliar a capacidade de absorção para dar respostas à procura cada vez mais de candidatos e, por outro, o reforço em recursos humanos.

José Nicolau Silvestre disse que “seria bom” que os actuais colaboradores fossem integrados no quadro efectivo, augurando, a curto prazo, a realização de cursos de mestrado e de licenciatura nas áreas de Gestão e Turismo.

A funcionar desde 2013, a Faculdade de Economia é uma unidade orgânica da Universidade Katyavala Bwila que abrange a segunda região académica do país, a qual integra Benguela e Cuanza Sul. Em 2018, teve 917 alunos nas especialidades de Economia, Gestão de Empresa, Contabilidade e Auditoria.

Enquanto isto, o Instituto Superior Politécnico Maravilha (ISPM), em Benguela, tem 1.562 vagas para o ano académico 2019, contra 809 de 2018, o que vai permitir acolher cerca de quatro mil estudantes, apurou hoje a Angop de fonte daquela instituição de ensino privado.

Criado por Decreto Presidencial nº 168, de 24 de Julho de 2012, o ISPM matriculou 3.242 estudantes em 2018, 809 dos quais do 1º ano. Conta com treze cursos – desde Ciências de Educação, Engenharia Informática, Ciências Económicas Empresariais, Direito, Psicologia Jurídica, Relações Internacionais a Gestão dos Recursos Humanos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.