Radio Calema
InicioAngolaSociedadeBebé com malformação resiste à intervenção cirúrgica

Bebé com malformação resiste à intervenção cirúrgica

A recém-nascida na maternidade provincial com má formação congénita e submetida hoje, quinta-feira, a uma intervenção cirúrgica, no bloco operatório do Hospital Geral do Moxico (HGM), resistiu à operação após a abertura de um canal por onde vai evacuar as fezes.

De acordo com a Angop, a informação foi avançada à imprensa pela directora clínica do HGM, Georgina Muhunga, tendo precisado que a intervenção cirúrgica durou duas horas, na qual os médicos fizeram uma cistotomia para facilitar o processo de defecação da bebé.

Referiu que através da operação, os médicos descobriram outras deficiências de que padece a recém-nascida na zona do abdómen, como ausência do cólon simoíde e do útero, além da malformação na cabeça, membros inferiores, ânus renal e no aparelho reprodutor.

Disse que os médicos da unidade hospitalar fizeram contactos, por via da telemedicina, com especialistas de Luanda, no sentido de transferirem a bebé nos próximos dias para capital do país, onde será observada e seguida por neurocirurgião, a julgar pelo estado delicado da paciente.

Neste momento, ressaltou, a criança está numa das salas da pediatria do HGM, ao cuidado de uma equipa médica, constituída por cirurgião, pediatra e enfermeiros.

A mãe da bebé, que nasceu no dia 01 deste mês, Odeth Amélia, de 29 anos, admitiu ter faltado várias vezes às consultas pré natais, devido a fraca condição financeira.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.