Portal de Angola
Informação ao minuto

Casinos de Angola corta mais de mil empregos e encerra cinco casas de jogo até Janeiro

(DR)

Cortes no número de trabalhadores e de casinos deve-se ao processo de reestruturação que está a ser levado a cabo pelos accionistas para reduzir custos, por as receitas terem baixado 80%, escreve o Novo Jornal Online.

De acordo com o a empresa Plurijogos, detentora da marca Casinos de Angola, vai cortar, até Janeiro de 2019, mais de mil postos de trabalho dos mais de 1.800 existentes e encerrar cinco casas de jogo, revelou ao Novo Jornal o presidente da Comissão Executiva da empresa.

“Estamos a fechar algumas casas de jogo. Encerrámos a de Viana, fechámos no Lubango, está previsto fechar o Tivoli ainda este ano. No próximo ano vamos fechar mais duas”, declarou Henrique Doroteia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »