Smiley face

Casinos de Angola corta mais de mil empregos e encerra cinco casas de jogo até Janeiro

0 35

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Cortes no número de trabalhadores e de casinos deve-se ao processo de reestruturação que está a ser levado a cabo pelos accionistas para reduzir custos, por as receitas terem baixado 80%, escreve o Novo Jornal Online.

De acordo com o a empresa Plurijogos, detentora da marca Casinos de Angola, vai cortar, até Janeiro de 2019, mais de mil postos de trabalho dos mais de 1.800 existentes e encerrar cinco casas de jogo, revelou ao Novo Jornal o presidente da Comissão Executiva da empresa.

“Estamos a fechar algumas casas de jogo. Encerrámos a de Viana, fechámos no Lubango, está previsto fechar o Tivoli ainda este ano. No próximo ano vamos fechar mais duas”, declarou Henrique Doroteia.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »