Portal de Angola
Informação ao minuto

EUA cogitam usar bactérias marinhas para detectar submarinos inimigos

(DR)

Cientistas norte-americanos estão empenhados em fazer modificações genéticas em bactérias marinhas para atender a demanda do Exército dos EUA.

A Sputnik Mundo consultou Andrei Shestakov, chefe do laboratório de biotecnologia microbiana da Universidade Estatal de Moscovo, para saber se é possível usar bactérias para fins militares.

Segundo um artigo publicado no portal Defense One, os cientistas estadunidenses asseguram que a bactéria modificada poderia emitir um sinal elétrico ao entrar em contato com moléculas de metal ou combustível e reagir à presença de submarinos.

Pesquisadores do Exército dos EUA pretendem levar organismos sintéticos para fora do laboratório e para o campo para obter novas reações úteis de organismos abundantes e encontrar novas técnicas em nanoescala para configurar essas reações moleculares.

No entanto, Shestakov assegura que não é fácil usar bactérias modificadas em um ambiente natural.

“Organismos geneticamente modificados não são estáveis no sistema ambiental natural. Podemos cultivar esse tipo de micro-organismos em sistemas fechados, onde eles não têm competição, mas no ambiente natural eles competem com outros elementos do ecossistema e podem não durar muito tempo lá”, comentou.

O especialista explicou que, no caso das plantas modificadas, acontece o mesmo: para seu crescimento deve haver uma reposição constante de sementes.

“Além disso, se falamos do campo militar, não acredito que desenvolvimentos sérios e reais sejam de livre acesso para a mídia”, acrescentou o cientista.

Segundo Shestakov, para excluir ou confirmar a possibilidade do uso de bactérias para detectar submarinos, é necessário estudar mais a fundo as sugestões dos pesquisadores norte-americanos. Entretanto, a informação disponível na mídia sobre isso “parece pouco confiável”.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »