Smiley face

Governo de Luanda vai implementar novos projectos sociais

Angp

0 48

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Governo Provincial de Luanda vai implementar, nos próximos dias, novos projectos e soluções para a melhoria do actual sistema de limpeza e higienização, parqueamento público e publicidade, impondo algumas regras universais para garantir maiores receitas municipais.

O vice-governador provincial de Luanda para área económica, Júlio Bessa, que falava hoje, sexta-feira, durante a cerimónia de lançamento da Operação Mar Seguro no embarcadouro do Mussulo, explicou que com as receitas arrecadadas espera-se melhorar também a jardinagem e a iluminação pública da cidade.

Segundo o responsável, é necessário que se ultrapassem rapidamente os momentos menos bons das duas últimas décadas, resultantes do êxodo massivo de cidadãos , fugidos das zonas de guerras a procura de segurança e paz, assim como acabar com a impunidade generalizada a todos os níveis.

Reconhece que deve-se investir mais na distribuição da água potável e no saneamento básico, organizando o seu sistema de transporte, o serviço de comércio, as vias secundárias e terciárias para a melhoria da mobilidade, assim como os serviços de educação e saúde.

Informou que o combate a criminalidade, as contravenções, as transgressões administrativas e a promoção da segurança rodoviária, ferroviária e marítima é bem-vinda por estarem em sintonia com as acções que, conjuntamente com a Polícia Nacional, tem-se vindo a implementar a cerca de um mês e com relativo sucesso, o que vai de encontro com as aspirações das populações locais.

A pesca que é feita a menos de uma milha da costa, o que periga a vida dos nadadores que fazem lazer e a captura de pescado com redes ilegais são algumas das situações que importam reprimir com urgência , segundo Júlio Bessa.

“Queremos mais acções, mas também queremos mais disciplina, mais respeito a lei e ordem pública na província”, acrescentou .

A operação visa a salvaguarda da vida humana no mar, a garantia de uma navegação segura, a observância das normas de segurança marítimas e a determinação da actividade marítima nacional, o ordenamento do espaço e a avaliação da capacidade instalada e respectiva articulação, que permitem responder de forma eficiente aos desafios.

Espera-se, com estas acções, a regularização de toda a actividade realizada por navegantes e usuários de meios náuticos, nomeadamente embarcações e motas aquáticas, assim como toda a infra-estrutura implementada na orla marítima, principalmente na península do Mussulo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »