Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ébola soma 271 mortos e estão contabilizados 458 infectados na RDC – OMS

O número de casos de Ébola nas províncias de Kivu do Norte e Ituri, leste da República Democrática do Congo (RDCongo), subiu para 458 pessoas infetadas e 271 mortos, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), refere o Notícias ao Minuto citando a Lusa.

De acordo com a atualização de 6 de dezembro da OMS, em 11 províncias de Kivu do Norte e três na província de Ituri foram notificados 458 casos (410 confirmados e 48 prováveis) e 271 mortos.

O registo de casos de contaminação do Ébola, que se transmite por contacto físico através de fluidos corporais infetados e que provoca febre hemorrágica, sofreu um aumento de 38 novos casos e 29 mortos, a partir de 04 de dezembro.

Em 29 de novembro, a OMS anunciou que o surto de Ébola na RDCongo é o segundo maior da história, logo depois do surto na África Ocidental, que matou milhares de pessoas há alguns anos.

A epidemia do vírus Ébola no país africano foi declarada a 01 de agosto deste ano, em Mangina, nas províncias de Kivu Norte e Ituri.

O vírus alastrou já até perto da fronteira com o Uganda, país que, para prevenir, realizou um programa de vacinação de funcionários na fronteira com a RDCongo, atravessada diariamente por centenas de pessoas, num trânsito normal.

Até 04 de novembro, 26.687 pessoas, 7.006 crianças, foram vacinadas na RDCongo, incluindo 9.105 elementos de organizações de socorro, governamentais e não-governamentais.

Nos últimos meses, a ONU inquietou-se com o risco de propagação da epidemia ao Burundi, Uganda, Ruanda e Sudão do Sul.

Uma resolução do Conselho de Segurança da ONU, de 30 de outubro, instou estes países africanos a reforçarem as capacidades operacionais para lutar contra a doença, em total cooperação com a OMS.

Proposta pela Suécia, a resolução, aprovada pela unanimidade dos 15 Estados-membros, reconheceu o perigo de saúde regional do vírus de Ébola na RDCongo.

A epidemia de Ébola é já a maior da história na RDCongo relativamente ao número de contágios, assumiu o Governo.

Segundo o ministro da Saúde da RDCongo, Oly Ilunga Kalenga, a presente epidemia ultrapassou em casos e mortos a primeira no país, registada em 1976.

Posteriormente, a RDCongo foi atingida mais oito vezes por uma epidemia de Ébola.

Em 1995, o vírus do Ébola, que se transmite por contacto físico através de fluidos corporais infetados e que provoca febre hemorrágica, provocou a morte a 250 pessoas na cidade de Kikwit, na província de Kwilu, no sudoeste da RDCongo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »