Portal de Angola
Informação ao minuto

PGR poderá averiguar denúncias sobre Mirex

Ministro Manuel Augusto exonerou o inspector-geral da instituição, António Lima Viegas depois das denúncias feitas (DR)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) poderá averiguar a fundamentação das denúncias sobre as alegadas irregularidades ocorridas no Ministério das Relações Exteriores (Mirex) e definir a possibilidade de abertura ou não de um processo de inquérito.

Segundo informa a Angop, a denúncia sobre eventuais irregularidades no Mirex, com maior incidência em algumas missões diplomáticas e consulares de Angola, foi feita recentemente pelo ex-inspector-geral da instituição, António Lima Viegas, nas redes sociais.

Questionado sobre o assunto, no termo do encontro entre a PGR e responsáveis dos órgãos de comunicação social, o procurador-geral-adjunto da República, Pascoal Joaquim, não confirmou nem negou a recepção das denúncias.

No entanto, referiu que “as denúncias que eventualmente se vêem nas redes sociais são questões que emergem, muitas vezes, sem fundamentos necessários”. Segundo acrescentou, a instituição não vai deixar de desenvolver o seu papel, se o assunto for levado à Procuradoria-Geral da República.

Ainda sobre o assunto, a directora nacional de Prevenção e Combate à Corrupção, Inocência Pinto, confirmou à Angop a recepção de algumas denúncias sobre o Mirex, tendo realçado que o inquérito não é público.

“Temos conhecimento da situação e a seu tempo daremos conta do facto”, informou.

A Directora Nacional de Prevenção e Combate à Corrupção tem, entre outras funções, investigar, por via de inquéritos, actos de corrupção ou de fraudes praticados por agentes públicos (….).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »