Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Mãe enterra filha viva no Uíge por “orientação do Quimbandeiro”

Uma mulher de 30 anos foi presa em flagrante pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) por suspeita de ter enterrado viva a filha de apenas três anos, no bairro Bemba Ngando, arredores da cidade do Uíge, escreve o Novo Jornal Online.

Com a mulher está igualmente em prisão preventiva o suposto quimbandeiro que lhe terá dado a orientação para soterrar a criança.

Os suspeitos estão ser indiciados por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

De acordo com uma fonte do SIC-Uíge, a menor ficou enterrada por cerca de trinta minutos num buraco com 50 centímetros de profundidade na tarde desta terça-feira,04.

Criança foi salva por efectivos do SIC (Foto: Facebook)

“A criança foi resgatada e levada com vida ao Hospital Municipal do Negage, onde está internada com quadro estável”, disse a fonte ao NJOnline, acrescentando que foi um milagre para os efectivos do SIC e da Polícia Nacional que ocorreram ao local após receberem a denúncia.

“Quando chegámos à residência da senhora pensámos que a criança estava morta devido à quantidade de areia que estava por cima do buraco”, afirmou o SIC.

Ainda segundo a fonte do SIC, a mulher argumentou que enterrou a filha a mando do quimbandeiro, acrescentando que durante os interrogatórios o feiticeiro se manteve calado, sem explicar quaisquer razões para o sucedido.

“Ele (o Kimbandeiro) não quis responder a nenhuma das questões colocadas pelo investigador, mas a mulher insiste que praticou este acto por orientação do feiticeiro”, afirmou, sublinhando que nenhum dos dois suspeitos revelou as razões até ao momento.

A mãe da criança, nas imagens, já se encontra detida pelas autoridades locais (Foto: Facebook)

Todavia, o SIC salientou que existe a desconfiança sobre o envolvimento do pai da menor.

“As investigações estão ainda em curso para determinamos se o progenitor está ou não envolvido neste crime”, afirmou.

1 comentário
  1. Bênção Nsambu Diz

    Bairro “Mbemba Ngangu”

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »