Smiley face

Governo exige dez valores para acesso à universidade

Angop

0 224

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A nota mínima para acesso ao ensino superior em Angola será, a partir de 2019, dez valores, segundo deliberação aprovada nesta quarta-feira em Conselho de Ministros.

De acordo com a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Sango, a medida visa uniformizar as candidaturas e admissões às universidades públicas, privadas ou público-privadas.

Em declarações à imprensa, no final de uma sessão do Conselho de Ministros, explicou que caso o número de candidatos não garanta a viabilidade do curso, poderá ser realizada uma segunda chamada para prova do exame de admissão.

Informou ainda que será exigida as universidades a divulgação do número de vagas.

Maria Sango sublinhou que não existe nenhum diploma legal que regule o acesso ao ensino superior.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »