Portal de Angola
Informação ao minuto

Governo exige dez valores para acesso à universidade

Angop

Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Sango (Foto: Pedro Parente)

A nota mínima para acesso ao ensino superior em Angola será, a partir de 2019, dez valores, segundo deliberação aprovada nesta quarta-feira em Conselho de Ministros.

De acordo com a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Sango, a medida visa uniformizar as candidaturas e admissões às universidades públicas, privadas ou público-privadas.

Em declarações à imprensa, no final de uma sessão do Conselho de Ministros, explicou que caso o número de candidatos não garanta a viabilidade do curso, poderá ser realizada uma segunda chamada para prova do exame de admissão.

Informou ainda que será exigida as universidades a divulgação do número de vagas.

Maria Sango sublinhou que não existe nenhum diploma legal que regule o acesso ao ensino superior.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »