Portal de Angola
Informação ao minuto

Protesto junto à esquadra de polícia no Uíge acaba com duas mortes

Imagem ilustrativa (DR)

Duas jovens de 21 e 17 anos foram baleadas durante um protesto junto à esquadra da Polícia Nacional no bairro Candombe Novo, na periferia da cidade do Negaje, província do Uíge, disse ao NJOnline fonte policial.

De acordo com o porta-voz do Comando Provincial do Uíje da Policia Nacional, subinspector Xavier Matondo, as vítimas, Dionísia Alberto João, de 21 anos, e Antónica Armando Sousa, de 17 anos, estavam integradas num grupo que, na sexta-feira, se dirigiu à esquadra para protestar pelo facto de a polícia ter interrompido uma festa.

Face à interrupção da festa, o grupo foi protestar junto da esquadra e, segundo informou o oficial da PN ao NJOnline, arremessaram pedras, gerando uma confusão – o relato indica ainda que teria ocorrido uma tentativa de invadir a esquadra – na qual ocorreram disparos por parte de dois agentes da polícia resultando daí a morte das duas jovens.

Os dois agentes suspeitos de terem efectuado os disparos foram detidos.

“As duas vitimas ainda foram socorridas pelos nossos efectivos afectos ao Comando Provincial da Polícia local mas não resistiram aos ferimentos e acabaram perdendo a vida no hospital municipal do Negaje”, disse o oficial em declarações ao NJOnline.

O oficial da PN relata ainda que a polícia se dirigiu à referida festa por ali estarem a ocorrer desacatos.

A festa acabou por ser suspensa pelos agentes por não existir uma autorização para a sua realização, o que gerou forte descontentamento.

Xavier Matondo acrescentou que o Serviço de Investigação Criminal (SIC) tomou nota da ocorrência e também já encaminhou o processo ao magistrado do Ministério Público.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »