Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Moçambique augura transformação do Fórum em Parlamento durante o seu mandato

Angop

As autoridades moçambicanas vão procurar materializar a pretensão de transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento Regional no decorrer do seu mandato à frente deste órgão, no biénio 2019/2020, afirmou hoje, nesta cidade, o deputado da bancada da Frelimo na Assembleia da República, Jaime Neto.

Segundo o também membro da Comissão Executiva do Fórum Parlamentar da SADC, que falava em exclusivo à Angop, as expectativas deste mandato são boas, pois, o próprio Chefe de Estado, Filipe Nyusi, está empenhado nisso e vai influenciar para que seja uma realidade muito rapidamente.

O deputado disse que numa primeira fase vão dar continuidade ao trabalho iniciado por Fernando da Piedade Dias dos Santos e concretizar o sonho de todos os parlamentares regionais da SADC, que é a transformação do Fórum em Parlamento.

Jaime Neto reconheceu que ainda há um longo caminho a se percorrer e que vários aspectos devem ser harmonizados rumo a transformação.

“Devemos trabalhar na melhoria da legislação, pois, não pode haver integração enquanto falamos línguas diferentes em termos de legislação, não pode haver integração, enquanto o poderio económico dos países que fazem parte da comunidade é muito diferenciado, não pode haver integração, quando estamos ainda em conflitos internos ou enquanto as eleições não são dirigidas da melhor maneira”, destacou.

Na mesma senda, considerou que existem outros desafios e que tudo está sendo feito para criação dessas condições em termos de integração.

“Achamos que Moçambique vai abraçar esse caminho de promover acções que facilitem a integração regional, mas temos que ver vários aspectos, como o empoderamento da mulher”, acrescentou.

As mulheres estarão mais fortalecidas e poderão também comunicar-se em pé de igualdade com os homens, disse.

Jaime Neto acredita que Moçambique vai desempenhar um papel muito importante na liderança do Fórum Parlamentar, porque será dirigido por uma mulher e certamente será mais sensível às questões do género.

“Creio que a transformação do Fórum em Parlamento já está mais próxima, pois, antes essas questões nem sequer eram agendadas na Cimeira de Chefes de Estado e de Governos, onde já começam a ser discutidas”, explicou.

A zona de livre comércio também vai merecer atenção especial por ser um aspecto delicado que já regista mudanças. “Só o facto de os países abrirem as fronteiras para os cidadãos circularem livremente já é um grande avanço, sobretudo a nível da integração das nossas economias”, concluiu.

A Presidente da Assembleia da República de Moçambicano, Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, deverá substituir Fernando da Piedade Dias dos Santos na liderança do Fórum Parlamentar da SADC durante a 44.ª Sessão da Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da SADC, que Maputo alberga até 07 do corrente.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »