Smiley face

Etiópia: Liderança do histórico grupo rebelde regressa ao país

Angop

0 36

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A liderança da Frente de Libertação de Ogaden (ONLF), um dos mais antigos grupos rebeldes da Etiópia, regressou nesta segunda-feira, ao país a partir da sua base na Eritreia, no âmbito dos esforços do governo tendentes a buscar consenso político, noticiou a Prensa Latina.

Chefiada pelo almirante Mohamed Omar, a delegação desembarcou no Aeroporto internacional de Bole, onde foi recebida pelo ministro das Finanças, Ahmed Shid, e o presidente do Estado regional de Somalia, Mustafa Omer.

De acordo com a emissora Fana Broadcasting Corporate, o regresso da máxima representação da ONLF ocorre apenas duas semanas desde a chegada também de centenas dos seus combatentes ao país, provenientes de Asmara, capital da Eritreia.

O grupo foi qualificado no passado como terrorista pelas autoridades, razão pela qual refugiaram-se no vizinho Estado durante duas décadas, período em que durou a tensão e os confrontos fronteiriços entre as duas nações.

Em princípios deste ano, o Primeiro-ministro Abiy Ahmed apresentou uma moção na qual o parlamento retirou vários grupos na lista de terrorismo, incluindo a Frente de Libertação Oromo, Ginbot 7 e ONLF.

Em resposta a essa iniciativa, os grupos anunciaram a cessação das hostilidades, com vista a regressar e perseguir políticas pacíficas.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »