Smiley face

Dueto N’Avenida vai unir artistas de várias gerações

Angop

0 36

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O músico angolano Yuri da Cunha considerou, segunda-feira, em Luanda, que o projecto Dueto N’ Avenida vai unir músicos de varias gerações e de sonoridades diferentes.

Falando na conferência de imprensa a propósito da actuação do músico em dueto com Paulo flores na Casa 70, referiu que o projecto tem como promotor o grupo “Zona Jovem”, tem um caris especial por unirem jovens de gerações deferentes e de outras musicalidades.

Para o músico, actuar com Paulo Flores é uma honra “porque aprendesse muito sobre a música angolana”, reconhecendo ao mesmo tempo que Paulo flores é um cantor de mente aberta e disposto a aprender com os jovens.

Durante a actuação serão interpretados em dueto os “grandes sucessos”, tendo avançado a possibilidade de virem a ser criados temas no momento do concerto.

Já Paulo Flores acredita que a música nacional sai a ganhar com iniciativas do género, destacando a importância da convivência entre os músicos, para o crescimento da cultura.

“ Sinto-me satisfeito em saber que existem jovens como o Yuri da Cunha, que estão dispostos em dar mais vida a música nacional”, enalteceu Paulo Flores durante a conferência de imprensa.

Desta feita, Paulo Flores defendeu maior união no seio classe, com vista a união dos povos a disseminação das mais variadas culturas.

Durante o referido dueto, os músicos Paulo Flores e Yuri da Cunha sobem ao palco nos dias 6,7 e 8 do mês em curso, na casa 70.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »